Sindicato dos Médicos do Ceará denuncia condições inadequadas de carros e aparelhos do SAMU

Início » Sindicato dos Médicos do Ceará denuncia condições inadequadas de carros e aparelhos do SAMU

Sindicato dos Médicos do Ceará denuncia condições inadequadas de carros e aparelhos do SAMU

 In capuchino-news

O Sindicato dos Médicos do Ceará encaminhou, na última segunda-feira, 13, um ofício ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência do Estado do Ceará (SAMU/CE) e à Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa) cobrando esclarecimentos sobre as condições precárias em seus carros e aparelhos. De acordo com relatos recebidos pelo Departamento Jurídico do Sindicato, o problema já persiste há um tempo.

“É inadmissível que ainda tenhamos que lidar com situações como essa, uma vez que é de claro entendimento que o não-funcionamento dos carros e aparelhos do SAMU compromete o desempenho das funções médicas e o atendimento à população. Por isso, solicitamos esclarecimentos ao SAMU/CE e à Sesa sobre as informações expostas, para que as providências sejam tomadas o mais rápido possível”, enfatiza o presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará, Leonardo Alcântara. 

Sobre o Sindicato dos Médicos do Ceará

Fundado em 1941, o Sindicato dos Médicos do Ceará é uma associação de profissionais que trabalha pela valorização da atividade médica e, consequentemente, pela melhoria contínua da saúde no Estado. Em parceria com as demais entidades representativas da categoria, o Sindicato está pautado por atribuições, são elas: reivindicar melhorias nas condições de saúde da população e buscar o fortalecimento do sistema público de saúde; representar os interesses gerais da categoria ou interesses individuais de filiados; celebrar acordos e convenções coletivas de trabalho e suscitar dissídios coletivos; colaborar como órgão técnico consultivo no estudo e solução de problemas relacionados com a categoria; e zelar pelo cumprimento da legislação, acordos e convenções coletivas de trabalho, sentenças normativas e demais institutos que assegurem direitos à categoria.

Recommended Posts