Docente de Educação Física da Unifametro lista os principais benefícios do esporte para pessoas com deficiência

Início » Docente de Educação Física da Unifametro lista os principais benefícios do esporte para pessoas com deficiência

Docente de Educação Física da Unifametro lista os principais benefícios do esporte para pessoas com deficiência

 In capuchino-news

Responsável por elevar a autoestima e proporcionar a sensação de integração e pertencimento, o esporte é uma prática que beneficia a sociedade, contribuindo para a formação física e psíquica dos indivíduos, além de desenvolver e melhorar tais formações. Para as pessoas com deficiência (PCD), não seria diferente, uma vez que o esporte é uma alternativa para a recuperação de lesões e reinserção social de forma mais eficaz, sendo usado como reabilitação. “O esporte praticado em contexto inclusivo dentro e fora das escolas oportuniza o combate ao preconceito contra pessoas com deficiência (capacitismo), ultrapassando, dessa forma, a dimensão dos campos, das quadras e das pistas”, pontua a docente do curso de Educação Física da Unifametro, Raíssa Forte.

De acordo com a profissional, as principais barreiras enfrentadas por PCD no âmbito esportivo é a falta de investimento. “Há atletas que treinam sem materiais adequados, profissionais capacitados e patrocínio. Ressalto, inclusive, que a Unifametro deu uma bolsa para a atleta de basquetebol Oara Uchoa devido ao seu desempenho esportivo”, pontua. Entre os principais benefícios do esporte adaptado para as pessoas com deficiência, Raissa destaca:

1.   Melhor socialização da PCD física com seus pares;

2.   Reabilitação;

3.   Diminuição de dores/edemas;

4.   Melhora da imagem corporal;

5.   Autoconfiança;

6.   Fortalecimento de musculaturas e melhora nas atividades de vida diária (AVD’s).

Segundo informações do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) divulgadas pelo EP País, o Brasil está entre os 10 melhores países no ranking mundial dos Jogos Paralímpicos. “Quando comparados às olimpíadas, os atletas paralímpicos geralmente voltam trazendo muitas medalhas. Acredito que esse reconhecimento é importante”, destaca a docente, que conclui: “Trabalhei nas últimas Paralimpíadas, no Rio 2016, e em minha perspectiva o que a Paralimpíada proporciona às pessoas com deficiência é a oportunidade de mostrar que já está passando da hora da sociedade respeitar e acolher as pessoas com deficiência, porque elas têm muito o que contribuir”.

Sobre o curso de Educação Física da Unifametro

O curso de Licenciatura em Educação Física da Unifametro foi concebido com base nas diretrizes legais numa perspectiva inovadora, com ênfase na formação de profissionais capacitados para atuar tanto na área escolar, através da formação educacional e cultural, quanto na promoção e recuperação da saúde, consequente bem-estar das pessoas.

Recommended Posts