Distrimédica lista os equipamentos básicos para montar um leito de UTI

Início » Distrimédica lista os equipamentos básicos para montar um leito de UTI

Distrimédica lista os equipamentos básicos para montar um leito de UTI

 In Sem categoria

A saúde é um dos bens mais preciosos que uma pessoa tem. Por isso, é preciso muita seriedade e conhecimento para tratar de quem fica doente, principalmente em estado grave, necessitando de um leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Com o agravamento da pandemia em vários países, leitos de UTI são cada vez mais requisitados pelas unidades de saúde pública e privada. Mas, qual a estrutura básica para o funcionamento desse leito?

Para auxiliar nesta questão, a Distrimédica, empresa de referência no fornecimento de soluções em saúde no Nordeste, lista os equipamentos que fazem parte da estrutura básica de uma UTI. Segundo o sócio-diretor da Distrimédica, Airton Silveira, para além do material em si, é preciso que ele tenha qualidade e seja oriundo de uma empresa confiável.

Estrutura básica para montar um leito de UTI:

Então, vamos falar sobre equipamentos que precisam estar disponíveis aos médicos e enfermeiros em um leito de UTI, garantindo maiores chances de tratamento em caso de qualquer complicação para o paciente internado.

– Desfibrilador: Material indispensável, o desfibrilador é responsável por tentar recuperar o ritmo cardíaco em caso de parada cardiorrespiratória. Pacientes na UTI estão frágeis e sujeitos a dificuldades cardíacas e, portanto, é preciso ter a máquina que pode salvar vidas ao restabelecer o ritmo do batimento, mantendo o corpo em atividade.

– Sondas: a alimentação do paciente também precisa ser uma preocupação constante nos leitos de UTI. Por isso, as sondas são materiais necessários. São elas que terão a capacidade de fazer os alimentos entrarem no organismo sem maiores problemas ou complicações. Além disso, por meio delas também é possível ministrar medicamentos necessários para a recuperação.

– Ventilador pulmonar: com a pandemia pela qual estamos passando, um equipamento que se tornou muito necessário foi o ventilador pulmonar. De fato, ele é extremamente necessário na estrutura de um leito de UTI. Em boa parte dos casos graves, há grandes dificuldades de respiração e, para compensar isso, este objeto se torna um aliado importantíssimo, regulando a quantidade de oxigênio e gás carbônico no organismo.

– Eletrocardiógrafo: outra máquina que atua diretamente na regulação das atividades cardíacas é o eletrocardiógrafo, que monitora a atividade elétrica do coração e percebe se há irregularidades no funcionamento do músculo. Ela também aponta eventuais problemas e permite melhor análise de como está o coração do paciente.

– Oxímetro: para medir como estão os níveis de oxigênio no sangue, o oxímetro é a ferramenta ideal. Além disso, este equipamento ajuda a medir sinais vitais e, desta forma, é capaz de produzir alertas sobre o estado do paciente.

“Há outros equipamentos necessários na estrutura de um leito de UTI, mas estes são realmente necessários para total controle sobre a situação do paciente, permitindo a previsão de eventuais problemas, a contenção de riscos e a análise ideal do estado da pessoa enferma”, frisa Airton.

Sobre a Distrimédica

Fundada em 2013, a Distrimédica trabalha com distribuição de materiais médicos, com entrega rápida e eficiente, garantindo que a unidade médica não fique sem sua estrutura em dia. Hoje, a empresa atua nos estados do Ceará, Paraíba, Maranhão, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Piauí. Para mais informações sobre os serviços e soluções, acesse o site oficial da Distrimédica: http://www.distrimedica.com.br/.

Recommended Posts