Óculos falsificados causam danos à saúde; Aliança de Ouro se posiciona contra pirataria de produtos

 In capuchino-news
Você sabia que o óculos, acessório que pode proteger e garantir conforto à visão, quando comprados sem certificação pode ter efeito contrário? De acordo com especialistas, ao sentirem a falsa sensação de proteção das lentes irregulares, as pupilas se dilatam e a luz do Sol atinge a retina. Em casos extremos onde essa exposição é prolongada, é possível sofrer queimaduras na região e comprometer os seus olhos. Segundo a Associação Brasileira da Indústria Óptica, aproximadamente sete milhões de óculos são falsificados, ou seja, não são produzidos levando em conta lentes que barrem os raios ultravioletas. A marca Aliança de Ouro, referência em óculos, joias e relógios, juntamente com as principais óticas do Sul, Sudeste, Centro Oeste e Norte do Brasil está organizando uma ação nas redes sociais contra a falsificação de produtos. A Aliança de Ouro é a única ótica cearense a dar início nessa ação. 
 
De acordo com o presidente da marca Aliança de Ouro, Erivan Ferreira, o ideal para garantir os cuidados com os olhos é que os óculos sejam comprados em estabelecimentos especializados que forneçam certificado de garantia, ou seja, nota fiscal contendo a referência de fábrica do óculos avaliado na haste da armação, estojo, caixas e lenço da grife. “O fator que mais nos preocupa, além da falsificação e a tentativa de burlar o pagamento de impostos, são os riscos que estes produtos podem trazer à saúde de quem os usa. Nós, que trabalhamos com óculos originais, com certificação e todos os acessórios de um produto autentico que pode ser consultado no site da grife, precisamos nos posicionar no combate à falsificação desses produtos, que trazem prejuízos econômicos para o nosso país e também para a saúde das pessoas. Nosso desafio é passar essa informação claramente aos usuários, que devem exigir, juntamente com seu padrão estético de preferência, também um padrão de qualidade na hora de adquirir um óculos”, disse.
 
Como identificar se um óculos é falsificado
Esses “pequenos defeitos” podem ser observados no acabamento, nas lentes, na armação dos óculos, na embalagem, no código de barras e ainda na nota fiscal, onde a referência do produto deve ser a mesma que consta na nota fiscal. Os óculos pirateados não possuem código de barras, pois esse é um item exclusivo do produtor oficial da marca. Cada produto tem o seu, sendo um diferencial muito importante na hora de adquiri-lo: sua versão pirata não irá oferecer essa garantia ao cliente, já que seria um atestado do falsificador. Da mesma forma, o produto pirateado não terá a sua nota fiscal e o cliente pode descobrir se a nota fiscal é falsa consultando o cnpj no site https://www.receita.fazenda.gov.br/pessoajuridica/cnpj/cnpjreva/cnpjreva_solicitacao2.asp. 
 
A nota fiscal verdadeira é o único documento que assegura a autenticidade do produto e, assim, o cliente poderá reclamar sobre defeitos na garantia Internacional do produto. Também é de interesse da indústria óptica combater a falsificação.   Os acessórios originais (caixa, estojo, lenço e etc) de um produto também podem ser vistos e comparados no site da grife, caso não conste no site, envie um e-mail que logo eles respondem.
Recommended Posts